Destaque

Repassando Criatividade

Repassando Criatividade

2018-02-25 18:47:09

Total de acessos neste artigo: 787




Que esta difícil conseguir clientes e novos jobs todo mundo sabe, ao menos quem tenta um freela de vez em quando e vai pra rua vender.
Porém um assunto que está sendo bastante discutido ultimamente é a lei da terceirização. Não estamos aqui para tratar de política ou aprovação ou não da lei, então vamos ao que interessa, criatividade e business.

Para se destacar no mercado de criação hoje em dia (ou seja, em tempos de crise - vide último artigo deste blog), vimos que um grande diferencial para um profissional é a criatividade não só na criação e desenvolvimento do job, mas sim também na prospecção de novos clientes e venda de serviços. Pois bem, quando falamos de terceirização, não falamos propriamente de contratar um outro profissional (PF ou PJ) com a mesma especialidade que a sua e fazê-lo desenvolver para o seu cliente, mas que tal repassar um job ou outro que esteja fora do seu alcance técnico e faturar uma comissão nessa indicação para um profissional parceiro(a)?
Você ganha sua parte, fortalece seu networking com a galera e ainda satisfaz seu cliente, mantendo-o sempre próximo a você para qualquer job.
Mas não é imoral? Não. Você estará apenas indicando e recebendo por isso, afinal o profissional que assumir o job não teve o trabalho que você teve de conseguir esse cliente nem de atendê-lo.
É ilegal? Não. Você não está terceirizando nada, seja para PF ou PJ, você está sendo a ponte entre o útil e o agradável.

Muito bem, nos vemos no próximo post, fique ligado e criativo!

Nos diga o que achou do artigo:


Ruim
+ ou -
Bom
Muito Bom
Excelente!